Aguarde um momento, por favor...

 
 
EnglishEnglish
 
Página inicial » Rachel de Queiroz
 
1993
Rachel de QueirozRachel de Queiroz

Rachel de Queiroz nasce em Fortaleza, Brasil, em 1910. A sua primeira criação literária, "O Quinze", poderá ser considerada como um texto de análise social, pois traça um quadro realista da luta do povo contra a miséria. A sua simpatia pelo Partido Comunista é inequívoca, embora mais tarde se aproxime do grupo trotskista. Autora de numerosas e diversificadas obras (romances, teatro, literatura infanto-juvenil) individuais e em parceria, cronista e tradutora, o seu mérito cedo foi reconhecido, tendo, em 1931, recebido o Prémio Romance da Fundação Graça Aranha. Foi ainda galardoada, em 1993, com o Prémio Camões e, em 1996, com o Prémio Moinho Santista, entre outros. O êxito da obra "Memorial de Maria Moura" estende-se à televisão, adaptada pela Rede Globo. Curiosamente, aos 90 anos, Rachel afirma não gostar de escrever, fazendo-o com o objectivo de se sustentar. Em 2003, a morte surpreende-a durante o sono na cidade do Rio de Janeiro.